quinta-feira, setembro 27, 2007

Paixões afiadas

Depois de passar semanas negando, não teve como esconder que estava amando. E era uma paixão feroz, daquelas que deixam marcas, que arroxeiam.
A sorte dela era sua pele morena, menos sensível às marcas que se destacam nas moças brancas depois de uma sessão amorosa mais exaltada.


Para seu azar, entretanto, sua melanina estava dissolvida na mistura do pai negro e a mãe branca. Sendo assim, as marcas da paixão eram visíveis no seu ombro direito naquela manhã de quinta, expondo-a às piadas e perguntas indiscretas dos colegas.

Obviamente, nada que a faça desistir de seu amor de unhas mal cortadas e dentes afiados.

quarta-feira, setembro 19, 2007

O que já foi da III Mostra...

A abertura da III Mostra Sesc Macuxi de Artes foi muito bonita. Dezenas de pessoas fizeram uma passeata da Praça das Águas até o Sesc Centro. Havia capoeiristas, como o pessoal do grupo Angola Palmares; músicos, atores, dançarinos de quadrilha, cirandeiros, o pessoal da Banda Municipal e a bateria da escola de samba Praça da Bandeira, homens em pernas de pau.

Esse povo todo fez uma festa em frente ao Sesc. Depois vieram os primos índios e apresentaram duas danças indígenas, fazendo uma grande confraternização entre a cultura branca e a cultura dos primeiros habitantes de Roraima.

Da programação de sábado só peguei a comédia Nós, Perdidos, da Cia. Malandro é o Gato, que está sendo apresentada desde o ano passado.

No domingo, por estar vendo a intervenção de dança da Cia. Máster Class, feita na Praça das Águas, perdi o espetáculo Botequim de Samba, no palco do Sesc. Quando Zanny e eu chegamos, até as cadeiras já haviam sido retiradas.

Segunda-feira tive a grata surpresa de me deliciar com a peça “Compassos em Silencio”, do Grupo Locombia Teatro de Andanzas, uma trupe formada por um casal e o filho de 5 ou 6 anos. Mímica, música, interação com o público, poesia do silêncio...Adoro clowns. Nessa de interagir, até eu fui levado ao palco pelos atores, nascidos na Colômbia (atenção à inversão de sílabas para criar o nome do grupo).

Terça foi noite do encontro poético Declamando Eliakin Rufino, poeta roraimense de grande destaque. Dezenas de alunos da Fundação Bradesco, amigos, atores convidados e fãs ocuparam o pequeno espaço da biblioteca Afonso Rodrigues de Oliveira para ouvir e falar poesias do Eliakin, autor de vários livros.

Depois da poesia entrar na veia, foi a vez de pegar a fila para assistir à peça “Capitu - Memória Editada”, do Grupo Delírio Cia. de Teatro, de Curitiba-PR. Os atores vieram a Roraima inseridos no projeto Palco Giratório e mandaram muito bem. É um senhor espetáculo, inspirado no livro Dom Casmurro, de Machado de Assis.

No começo da apresentação houve um blecaute na cidade e tiveram que parar, pois não queriam que o público ficasse ouvindo uma rádionovela em vez de uma peça de teatro. Mas esse contratempo não impediu que, ao retorno da energia, recomeçassem e encantassem o público com a performance. Amanhã eles voltam a subir no palco, mostrando a história de Bentinho, Capitu e as porcarias que o homem faz quando fica cego de ciúmes. Se você, como eu, nunca leu a obra, clica aqui e baixa o livro de graça.

Cena de Capitu - Memoria editada


A movimentação das artes continua...

19/09 quarta
8h às 12h - Oficina de Confecção e Manipulação de Fantoches com Tarsis Magalhães e Agda Maira. Espaço IX


14h às 18h - Oficina “A Criação Cênica”, com o Grupo Delírio Cia. de Teatro, de Curitiba-PR, do Projeto Palco Giratório.Espaço III


19h - “Videobrasil” Mostra - programa dos vídeo-arte premiados no 16º Festival Internacional de Linguagem Eletrônica. Programa 3: Prêmios de Realização. Espaço III


19h30 - Pensamento Giratório Painel sobre a relação da obra Dom Casmurro com a cena..Capitu - Memória Editada é inspirado na obra de Dom Casmurro, de Machado de Assis. Participação Grupo Delírio Cia. de Teatro e Dr. Rui Guilherme- Espaço II


21h - Espetáculo “O Santo Inquérito”, da Cia Arteatro, de Boa Vista-RR. Espaço I


22h - “Luau Cultural”. Encontro no Porto da Marina Meu Caso, no bairro São Pedro.

20/09 quinta


14h às 18h - Oficina “Iniciação a Técnicas Teatrais”, com Cia Arteatro, de Boa Vista-RR, na Escola Estadual Maria Nilce Macedo, no bairro Cauamé


15h - Apresentação de Filme do projeto “A escola vai ao Cinema”, na Escola Estadual Maria Nilce Macedo, no bairro Cauamé.


19h30 - Mesa Redonda “Artes Cênicas em Roraima: produção e distribuição, com a participação do secretário de Educação e Cultura, Luciano Fernandes Moreira, do presidente da Fetec, Osmar Marques da Silva Junior, do diretor regional do Sesc, Kildo de Albuquerque Andrade, do presidente da Fetearr, Marcelo Peres, e representante dos grupos de dança, Isabel Santos. Espaço III


19h30 - Espetáculo de dança “Cultura Popular”, da Cia Máster Class, de Boa Vista-RR. Espaço II


20h30 - Espetáculo “Capitu Memória Editada”, do Grupo Delírio Cia. de Teatro, de Curitiba-PR, do Projeto Palco Giratório. Espaço I

21/09 sexta


8h às 12h - Oficina de Confecção e Manipulação de Fantoches, com Tarsis Magalhães e Agda Maira. Espaço IX


14h às 18h - Oficina “Iniciação a Técnicas Teatrais”, com a Cia Arteatro, de Boa Vista-RR, na Escola Estadual Maria Nilce Macedo, no bairro Cauamé.


18h às 21h - Oficina de Dança Clássica da Índia “Odissi”, com o Grupo Locombia Teatro de Andanzas, de Barranquilha-COL. Espaço X


15h - Apresentação de Filme do projeto “A escola vai ao Cinema” em escola estadual.


19h30 - Espetáculo de dança “Três em 1”, da Cia Aura de Dança, de Boa Vista-RR. Espaço II


21h - Espetáculo teatral “Assim é, se lhe parece '', com Yandra Firmino, de Cuiabá-MT. Espaço I

22/09 - sábado


8h às 12h/14h às 18h - Oficina: Interpretação do Ator para o Movimento Interno e Ação Total, com Yandra Firmino. Espaço III


10h - Intervenção teatral com da Cia Malandro é o Gato, na Jaime Brasil.


17h - Abertura do Overdoze


17h - Abertura


17h às 18h - Oficina de Desenho para Crianças, com Marcelo Santa Isabel. Espaço III


18h às 19h - Oficina de Skate para Crianças, com Marcelo Santana Azevedo. Espaço II


19h - Apresentação da Orquestra e do Coral Infanto-Juvenil do Sesc. Espaço I
Feira de Artesanato e vendas de comidas típicas. Espaço II
Sessões do Conto com Você “Contos da Meia Noite” e “Contos Sensoriais”. Espaços III e VI.


Apresentações musicais: Espaços I, II e VII


21h - Show do Clã Caboco. Espaço I


Poesias na Madrugada. Espaço VIII


Apresentação do vídeo “Quem tem Medo de Arte Moderna?. Espaço III


Miscelânea de Espetáculos, performances, esquetes, fragmentos de espetáculos, leitura dramática, música, cinema e artes plásticas. Espaços I e II


Bar da Canja Cultural (poesia, voz e violão). Espaço VI


Apresentações musicais Regionais, Reggae e Rock. Espaço II


5h - Encerramento da Mostra.

sexta-feira, setembro 14, 2007

Começa a III Mostra Sesc Macuxi de Artes





Daqui a pouquinho começa a III Mostra Sesc Macuxi de Artes. Até o dia 22, quem gosta de arte não terá o que reclamar em Boa Vista. Haverá teatro, dança, música, debates, exposições, oficinas e mostra de cinema, com a participação de grupos e artistas locais e nacionais.

A agitação começa às 19h, com o Caldeirão Cultural, reunindo na Praça das Águas, centro da Cidade, todos os artistas que vão participar da Mostra. Da praça, sairão em cortejo até o Sesc Centro, local onde serão realizadas as atividades até o próximo sábado. Serão quatro quadras de caminhada.

Entre outros, estão confirmados para o cortejo o Grupo Locombia Teatro de Andanzas, a Banda Municipal de Boa Vista, a Bateria da Escola de Samba Praça da Bandeira com porta Bandeira e Mestre Sala e diversos Grupos Folclóricos.

A III edição da mostra tem o apoio da Fundação de Educação, Ciência e Cultura de Roraima (Fetec). Além de muitos espetáculos, será estimulada a formação profissional dos artistas, que poderão participar de oficinas, debates, palestras, mesa redonda e intercâmbios de metodologias de trabalho.

Este blogueiro participará como declamador (mais como leitor, na verdade) de uma poesia do escritor Eliakin Rufino e como auxiliar na Mesa Redonda “Artes Cênicas em Roraima: produção e distribuição”, da qual participação o secretário de Educação e Cultura, Luciano Fernandes Moreira; o presidente da Fetec, Osmar Marques da Silva Junior; o diretor regional do Sesc, Kildo de Albuquerque Andrade; o presidente da Fetearr, Marcelo Peres; e a representante dos grupos de dança, Isabel Santos.

Veja a programação de hoje até segunda, quando espero ter tempo para atualizar este blog:

14/09 sexta-feira (Abertura - Caldeirão Cultural)


19h - Concentração de artistas envolvidos na Mostra e comunidade para cortejo da Praça das Águas até a frente do Sesc Centro.
Retalhos culturais com apresentação do Grupo Locômbia Teatro de Andanzas, Banda Municipal de Boa Vista, sob o comando do Maestro Moisés Português tocando marchinhas, Bateria da Escola de Samba Praça da Bandeira com porta Bandeira e Mestre Sala e Grupos Folclóricos.


20h - (Sesc Centro)
Pronunciamento do diretor regional do SESC, Kildo de Albuquerque. Apresentação do texto de Abertura. Espaço II

20h30 - Apresentação da Dança do Parixara, com os índios Wapixana da Maloca Canauanin, do município de Cantá-RR. Espaço II

21h - Inauguração da exposição “Arte Indígena - do Artesanato às Artes Plásticas”, apresentando a arte dos povos indígenas de Roraima. Curadoria de Irmânio de Magalhães, da Artezanos (Espaço IV).

15/09 - sábado


10h - Intervenção teatral na Feira do Produtor, com grupo Criart Teatral (Boa Vista-RR)

14h às 18h -Oficina do Projeto Dramaturgia Leituras em Cenas. Espaço III

18h30 - Espetáculo de Dança Infantil “O Baú do Poeta”, da Escola de Dança Cristina Rocha, de Boa Vista-RR. Espaço I

20h30 - Espetáculo “Nós, Perdidos”, da Cia Malandro é o Gato, de Boa Vista-RR. Espaço I

16/09 domingo


19h - Espetáculo teatral infanto-juvenil “Em Busca de um Desejo”, do grupo Criart, de Boa Vista-RR. Espaço I

20h30 - Espetáculo de dança “Botequim do Samba”, do Grupo Harmonia e Ritmo, de Boa Vista-RR. Espaço I

19h30 -Intervenção com a Cia Máster Class, de Boa Vista-RR, na Praça das Águas.


quinta-feira, setembro 06, 2007

Grupos teatrais representam textos de Tchekhov e Hilda Hist


De 9 a 11 de setembro, grupos teatrais roraimenses vão apresentar textos do dramaturgo russo Anton Tchekhov e da brasileira Hilda Hilst, poeta, dramaturga e ficcionista.


As apresentações fazem parte do projeto Dramaturgia: Leituras em Cena, desenvolvido pelo Sesc Roraima em parceria com o Sesc Nacional. São o resultado da oficina “Análise do texto Dramático e Técnicas de Leitura Encenada” dirigida a diretores e atores teatrais de Roraima.

O coquetel de abertura acontece no sábado, mas os grupos só sobem ao palco no domingo (9), indo até terça-feira (11), sempre às 20h, no Espaço Multicultural Sesc Centro, com entrada franca.

Célis Regina, Marcelli Grécia Wottrich e Graziela Camilo vão dirigir os espetáculos.

O projeto estimula a prática da leitura de textos teatrais e a difusão de textos inéditos ou consagrados da dramaturgia nacional e mundial.

segunda-feira, setembro 03, 2007

Por isso adoro a “sorte de hoje” do orkut

“Você é sociável e divertido”


(contra todos os que dizem o contrário)



Novo blog, com fins pediátricos:


Histórias de um índio velho e seu filho